Sondagem da escrita na avaliação psicopedagógica

Sondagem da hipótese escrita é uma das avaliações realizadas no atendimento psicopedagógico. Um de seus objetivos é levantar a hipótese acerca de qual estágio de aquisição da linguagem escrita a criança está. São ditadas 5 palavras e uma oração para que a criança escreva, “sem ajuda e do jeito que sabe”. Depois a criança realiza a leitura apontando para a palavra ou sílaba que está sendo lida. A psicopedagoga realiza a interpretação utilizando a teoria científica.

Abaixo, o recorte da avaliação realizada com a criança C.

 

 

 

 

 

 

 

 

Palavras ditadas:

MORTADELA

PRESUNTO

QUEIJO

PÃO

EU COMI PÃO.

Podemos observar que, mesmo sem dominar o sistema de escrita, a criança utiliza letras que tem correspondência sonora. A palavra mortadela é escrita OTEA, sendo

O=mor;

T=ta;

E= de;

A= la.

Sob o olhar do adulto leigo, pode parecer que a criança não sabe escrever.

Porém, nessa produção escrita, a criança mostra o que já sabe fazer, ou seja, já realiza a correspondência fonema-grafema e demonstra compreender que as palavras são compostas por sílabas. Neste caso, a criança representa cada sílaba com uma letra (vogal ou consoante) correspondente ao seu som.

Com o resultado dessa sondagem, a psicopedagoga faz a intervenção, utilizando estratégias específicas de leitura e escrita.

Abaixo a sondagem escrita da mesma criança, após 5 meses, em que é possível observar seus avanços na aquisição da linguagem escrita:

 

 

 

 

 

 

 

Palavras ditadas:

ELEFANTE

CACHORRO

GATO

O ELEFANTE É MUITO GRANDE.

Nesse estágio a criança já produz escrita convencional. A psicopedagoga nota que a criança não escreveu a palavra “grande”.

E assim continua seu trabalho de investigação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *